Michele Denise da Silva

   

Atualmente, está cursando mestrado em Linguística Aplicada pela Universidade Federal de Goiás. Possui especialização em  Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Mato Grosso (2011); graduação em  Licenciatura Plena em Letras, pela Universidade Federal de Mato Grosso (2010). É professora da Rede Estadual de Mato Grosso.

Célia Márcia Gonçalves Nunes Lôbo

 

Atualmente, está cursando doutorado pela Universidade Federal de Goiás. Possui mestrado em Letras e Linguística, pela Universidade Federal de Goiás (2012); graduação em Licenciatura Plena em Letras, pela Universidade Federal de Mato Grosso (2009). Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Descrição e Análise Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: Gramaticalização; Funcionalismo; Gramática de Construções; Leitura e compreensão textual; Inferência; Metodologia do trabalho científico/acadêmico.

 

 

Déborah Magalhães de Barros

 
Doutoranda em Linguística pela Universidade Federal de Goiás (2013-2017), possui Mestrado em Linguística pela Universidade Federal de Goiás (2011), Pós-Graduação em História pela UEG, Graduação em Letras Português e Inglês pela Faculdade de Filosofia Cora Coralina (1999) e está cursando doutorado em Linguística pela Universidade Federal de Goiás. Atualmente é professora titular de Linguística e Língua Portuguesa na Universidade Estadual de Goiás. Faz parte dos Grupos de Pesquisa " O português contemporâneo falado em Goiás" e "O ensino de Língua Portuguesa no mundo. Realiza pesquisas em linguística com ênfase em descrição de línguas naturais. É editora da Revista Temporis (ação). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Portuguesa e Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de linguística e de gramática sob a perspectiva funcional, leitura, produção textual e formação de professores de língua portuguesa.

 

Elisandra Filetti

 
Possui graduação em Letras Português pela Universidade Federal de Goiás (1994) e mestrado em Estudos Lingüísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999). Atualmente é professora efetiva - Assistente II da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Sintaxe, atuando principalmente nos seguintes temas: análise e descrição da lingua portuguesa, objetos implícitos; incorporação verbal. Atualmente, é doutoranda em Estudos Linguísticos (Gramática Funcional) pela Universidade Federal de Goiás.
 

 

Fernanda Cristine Guimarães

 
 
Graduanda em Letras licenciatura em francês da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás. Bolsista pelo programa PROLICEN da Universidade Federal de Goiás.
 

 

Fernanda Carolina Mendes da Silva

 
 
Graduanda em Letras (licenciatura em Português) pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás. Interessa-se, principalmente, por estudos linguísticos, com ênfase em sintaxe funcionalista. Atualmente, em projeto de iniciação científica, estuda construções do tipo VERBO + QUE na fala goiana, numa perspectiva cognitivo-funcional.
 

 

Lennie Aryete Dias Pereira Bertoque

 
É professora na Universidade Federal de Mato Grosso (Campus Universitário do Araguaia). Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso (2007), mestrado em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (2010), e doutorado em Letras e Linguística também pela Universidade Federal de Goiás. Foi Coordenadora de área do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) do Curso de Letras (ICHS/CUA/UFMT) (ago/2012 a fev/2014) e, atualmente, coordena o "Grupo de Estudos em Linguística Funcional do Araguaia" (em processo de cadastramento) e a "Oficina de leitura, produção e documentação da pesquisa científica", do Projeto "Energia: vida e sociedade", vinculado ao Programa Novos Talentos da CAPES, que é desenvolvida para estudantes do Ensino Médio de três escolas estaduais de Mato Grosso. Como pesquisadora, participa do "Grupo de Estudos Funcionalistas: análise, descrição e ensino" da Universidade Federal de Goiás. Atua, principalmente, nas seguintes especificidades: Linguística Funcional,  elaborações de voz, perspectivização, sintaxe, linguística cognitiva, concepções de língua e de linguagem, correção de redações, produção textual, redação jornalística (notícia e manchetes/títulos de notícias).
 

 

Leosmar Aparecido da Silva

 
Doutor em Estudos Linguisticos pela Universidade Federal de Goiás (UFG). Possui mestrado em linguística também pela UFG. É graduado em Letras pela Faculdade de Filosofia Cora Coralina (1998). Atualmente, é professor de Linguistica e Língua Portuguesa da Universidade Federal de Goiás, membro do Grupo de Estudos Funcionalistas e vice-coordenador do Projeto Fala Goiana. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Linguística. Desenvolve pesquisa na área de linguística com ênfase em descrição de línguas naturais, em especial, o português contemporâneo falado no Brasil.

 

Maria Goreti Barichello Cerqueira

 
 
É mestranda no Programa de Pós-Graduação em Letras e Linguística da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás (FL/UFG). Possui graduação em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso (1995). Atualmente, é professora formadora do Centro de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação Básica de Mato Grosso (CEFAPRO-MT). Tem experiência na área de ensino de gramática, sob a perspectiva funcionalista da linguagem.
 

 

Milcinele da Conceição Duarte

 
 
Cursa doutorado em Linguística Aplicada na UFG. Possui pós-graduação em Fundamentos do Ensino de Arte pela ULBRA. Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (2002). Tem experiência na área de Lingüística, com ênfase em Lingüística Aplicada.
 

 

Pedro Henrique da Silva

 
 
Graduando em Letras licenciatura em Letras pela Faculdade de Letras da Universidade Federal de Goiás. Bolsista pelo programa PROLICEN da Universidade Federal de Goiás.
 

 

Rodriana Dias Coelho Costa

 
Possui graduação em Letras (habilitação em Português) pela Universidade Federal de Goiás (2012), Campus Samambaia Goiânia. Participou do grupo de estudos LIFT, Línguas Indígenas e o Funcionalismo Tipológico. Participou como pesquisadora voluntária de iniciação científica (2009-2011) sobre gramática Jê, coordenado pela Profª. Drª. Christiane Oliveira. Participou como pesquisadora bolsista de Iniciação Científica (2011-2012) sobre o estabelecimento da concordância de sujeito-verbo em textos de alunos universitários, coordenado pela Profª. Drª. Mirian Santos de Cerqueira. Atualmente é mestranda pela Universidade Federal de Goiás e bolsista CNPq na modalidade GM com concentração em Estudos Linguísticos, mais especificamente numa perspectiva funcionalista da linguagem, sob orientação da Profª. Drª Vânia Cristina Casseb- Galvão.
 

 

Vânia Cristina Casseb Galvão

 
Pesquisadora do CNPq, pós-doutora pelo Instituto de Linguística Teórica e Computacional (Lisboa/PT/2010), doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2001), mestre em Lingüística pela Universidade Estadual de Campinas (1999). É professora associada da Universidade Federal de Goiás. Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Descrição e Análise Linguística, atuando principalmente nos seguintes temas: evidencialidade, gramaticalização, modalidade, gramática funcional, funcionalismo e ensino.
 

 

Zenalda Viana Neves

 
 
Possui Graduação em Letras Habilitação Português e Literatura de Língua Portuguesa pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Atualmente é mestranda em estudos linguísticos pela Universidade Federal de Goiás (UFG).
 

 

Outros pesquisadores e acadêmicos que participaram do GEF-UFG

Oddbjørn Jortveit

  É mestre pela Universidade de Oslo, Noruéga, e graduado em Linguística (Língua Portuguesa) pela mesma universidade. Participou do Grupo de Estudos Funcionalistas da UFG, no período em que fez mestrado-sanduíche na Faculdade de Letras da UFG, onde finalizou o trabalho de mestrado,...

Orlando Cassique Sobrinho Alves

IN MEMORIAN (11/10/1955 - 18/10/2013) - Possui graduação em Letras pela Universidade Federal do Pará (1979) e mestrado em Letras-Lingüística pela Universidade Federal do Pará (2002). Atualmente é professor adjunto iv da Universidade Federal do Pará. Tem experiência na área de...

Roberta Rocha Ribeiro

Sou doutoranda em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB), mestre em Linguística pela Universidade Federal de Goiás (2009), licenciada em Língua Portuguesa e suas Literaturas pela Universidade Católica de Goiás/PUC GOIÁS (2007) e bacharel em Língua Portuguesa e Linguística pela...

Silvone Fernandes Melchior Silva

Mestre em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás e especialista em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual de Goiás e em Literatura Brasileira pela Universidade Salgado de Oliveira.Professora efetiva da Universidade Estadual de Goiás e da Secretaria...

Sinval Martins de Sousa Filho

Professor Adjunto 2 (DE) da Faculdade de Letras - Universidade Federal de Goiás, é Pós-Doutor em Psicolinguística e Doutor em Letras e Lingüística. Foi consultor/professor da Secretaria da Educação do Estado do Tocantins e Formador Nacional e Consultor do Ministério da Educação - MEC. Tem...

Tatiany Dias Pereira

Possui graduação em letras pela Universidade Federal de Mato Grosso (2001).Atua principalmente nos seguintes temas: interdisciplinaridade, linguagem, mudança linguística, mídia e educação.  

<< 1 | 2 | 3

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!